quarta-feira, 18 de agosto de 2010



Depois de muita angústia e incerteza, consegui tudo o que precisava para viajar e ser pessoa oficial nesta terra de Deus nosso senhor!
Bendito seja o Poupa tempo, que no meu caso poupou o tempo e trouxe inúmeros benefícios!
Numa hora delicada como essa é que descobrimos quantas pessoas torcem por nós, nem tenho palavras para agradecer o tantão de gente que falou comigo, que enviou mensagens, que mandou vibrações....super super hiper obrigada!!
Para comemorar o dia um outro poema, de amor desta vez...



De noite, amada, amarra teu coração ao meu
e que eles no sonho derrotem
as trevas como um duplo tambor
combatendo no bosque
contra o espesso muro das folhas molhadas.
Noturna travessia, brasa negra do sonho.
Interceptando o fio das uvas terrestres
com pontualidade de um trem descabelado
que sombra e pedras frias sem cessar arrastasse.
Por isso, amor, amarra-me ao movimento puro,
à tenacidade que em teu peito bate.


Com as asas de um cisne submergido,
para que as perguntas estreladas do céu
responda nosso sonho com uma só chave,
com uma só porta fechada pela sombra.

Pablo Neruda

2 comentários:

Anjo Negro disse...

Amada Lulu,
Quem vem a este mundo complicado, burocratizado, com uma meta, uma missão, Deus sempre dá um jeito...a gente precisa de caminho livre e rápido! Mas tudo por aqui é muito papel...e pedras (contornáveis) no caminho.Só não podemos sofrer demais...ufa, que bom que conseguiste!
Boa viagem, muita Luz em seus passos!

Lulu Sabongi disse...

Foi uma correria enorme e um medo danado, mas no final deu tudo certo
Hoje ainda viajo com cópia das coisas e documentos de mentirinha
Mas a apartir de segunda vida nova

beijos
Lulu