quarta-feira, 6 de junho de 2018

Uma brasileira na Alemanha - primeiras impressões

Pois é, já dizia minha mãezinha, não fala besteira para cima pois tudo volta para o lugar de onde saiu...
E não é que meu preconceito antigo com esta terra se desfez aos poucos, conhecendo um pouco mais sobre uma cultura sobre a qual só tinha uma superficial idéia... antes de conhecer meu amor!

Hoje vivo entre Brasil e Alemanha, e posso mensurar o que temos de melhor em nosso país e o que este país oferece em troca...
Ok vamos aos pontos

Música_ Brasileira sem dúvida alguma
Aqui não encontrei ainda nada popular que me agrade, e acho que eles não tem, o que nós conhecemos em nossa terra como MPB!
O que está em voga por aqui é um estilo que se chama " Schlager" uma melodia simples que nunca muda, as palavras que se repetem, e claro entram na sua cabeça sem esforço...eu não dou conta!

O que aqui é maravilhoso, pelo menos na cidade pequena que é meu porto no momento. Ando 12 passos mais ou menos e entro numa trilha de floresta, o que em minha terra natal é quase impossível mesmo morando no interior.
Acreditem isso está perto da casa onde moro, nem eu consigo acreditar as vezes,


A cidade por ser pequena, é segura, e posso andar a noite sem nenhuma preocupação, Apesar de saber disso não consigo relaxar, acho que são muitos anos me preocupando com esquinas e sinais fechados, tarde de noite, que me privam de relaxar como poderia andando a pé por aqui de madrugada.

De qualquer maneira, claro existem os percalços do caminho
Sensibilidade igual a nossa, só aí no nosso canto mesmo...aqui tudo é muito mais formal, e o único lugar onde relaxo de verdade é quando dou aulas, pois minha brasilidade vem a tona, e todas as brincadeiras de sala de aula brasileira aparecem sem travas , mesmo aqui ...

Bom por enquanto ficam estas impressões para convidar vc a viajar um pouco comigo
Vou tentar reativar o blog e ir contando devagar o que anda acontecendo
Tive meu primeiro workhsop em outro país , que foi Praga, a capital da Chescoslováquia. Gente de Deus nunca vi tanta mulher linda em minha vida...

Elas tem a intensidade das brasileiras, e são muito sérias estudando
A sensibilidade está lá , de forma pura e intensa, de certa forma, me sinto me conectando com as raízes de meu pai que nasceu mais para cá na Bulgária.

Em breve fotos deste final de semana que foi muito especial e inspirador para mim, pois minha organizadora, é uma bailarina que eu admiro profundamente Katerina Shereen!

Um comentário:

Silvinha Xavier disse...

Que delícia participar de suas experiências através de suas escritas... me sinto pertinho de vc onde quer q esteja!!! E já estou curiosa p saber das próximas postagens!bjs