sexta-feira, 4 de março de 2011

Dentro da casa de Rudolf Steiner



Num lugar chamado Dornach, está a sede da Antroposofia, doutrina criada por Rudolf Steiner, um grande pensador e por que não dizer artista espiritual.
Antroposofia é uma corrente de pensamento que vê o homem como parte integrante de algo maior e contido harmonicamente, de forma ideal, numa realidade que aceita o material mas também o espiritual.

A casa foi batizada por Goethe com o nome de Goetheanum, e fica numa região alta em Basel. Ontém passei parte da tarde explorando este lugar.
É impressionante por si só, com sua forma suave vista de qualquer angulo, pois neste prédio não existem bordas duras, ou pontas, tudo é arredondado, seguindo os preceitos antroposóficos

Sua forma não é casual assim como não o era, o edíficio que antecedeu a este ,criado também por Steiner e destruido no ano novo de 1922.

O segundo edificio foi pensado de uma maneira mais moderna mas mantendo as considerações originais, sua estrutura é toda em concreto e demorou quatro anos para ser finalizada. Tem um auditório com 1000 lugares que recebe espetáculos de todo o mundo , janelas que misturam cristal e aço e colunas esculturais com pinturas que remontam a existencia do primeiro Goetheanum.
Sua arquitetura é como um contraponto entre a filosofia de Steiner, que transita entre o ocultismo visionário e a logica científica rigorosa.

O prédio sózinho nos faz pensar. Dentro dele biblioteca, salas de música, pesquisas e restaurante, além da profusão de obras de arte espalhadas aqui e ali, deixando rastros do pensamento de um homem que influenciou parte da humanidade e humanizou na minha ordinária opinião o racionalismo alemão!


A entrada por si só, já causa um estupor, tirei diversas fotos, e fiquei encantada com a redondeza.
Se um dia vier a Suiça , não deixe de explorar este lugar, e conhecer um pouco do background deste homem , que estudou a história de Atlantida, a encarnação Solar de Cristo , reencarnação, astronomia, quimica, e que foi o descobridor da Clorofila...sabiam??


Mas tenho que confessar que adoraria ter conhecido o Goetheanum original
Ele parecia ainda mais arredondado do que este e de certa maneira, me lembra um útero.
 Esse foi o edíficio original, infelizmente destruído no incendio do ano novo de 1922.

Fiquei curiosa também para assistir um espetáculo de Euritmia, mas não tive oportunidade, a próxima chance seria no sábado mas já estou em Milão e então nada de novas experiências artísticas , pelo menos não neste momento.

As imagens me causaram estranheza, um misto entre dança e meditação, como se a energia contida nesta forma de arte fosse sutil demais para mim
Enfim, algumas imagens podem dizer melhor porque me senti atraída


Euritimia é uma forma de arte criada por Rudolf Steiner e sua esposa Marie Steiner-von Sivers.
A Euritmia pode ser descrita como uma forma de arte, que não deve ser confundido com uma forma de dança ou ginástica tradicional. Na sua forma artística, é executado por solistas e grupos como parte de teatro, cujo objetivo é tornar visíveis as expressões da fala ou música. Além disso, tem uma aplicação importante no campo terapêutico, como parte de tratamentos naturais.
A Euritmia, como forma de arte, faz parte do currículo da Pedagogia Waldorf. Além disso, ela é aplicada no ensino de negócios, principalmente para restaurar o equilíbrio e a harmonia em colaboradores que executam tarefas repetitivas.



Gente agora estou em Milão, então logo devo ter novas impressões para oferecer fora o jantar de on´tem que foi espetacular depois de cinco horas na estrada.....
beijos e até logo logo!!







6 comentários:

Ana Carolina disse...

Muito interessante Lulu! Obrigada por compartilhar suas experiências conosco!!

Bety Damballah disse...

Em Curitiba, só no meu bairro Ecoville, temos duas escolas ...que usam a Antroposophia e pedagogia Waldorf. A Isis estudou nas duas e agora permanece na Escola "Como Viver" ... 40km2 de mata nativa .. quase uma chácara ... É divino o trabalho que eles fazem com as crianças lá ... Que benção Lulu!!!

Flavia disse...

Que os seus olhos possam ser os meus, e trazer ao retornar as impressões que só a experiência estética individual pode proporcionar! assim eu me preparo para quando for minha vez!

J. disse...

Oi, Lulu.
Em Sp há o grupo Terranova Euritmia, dirigido pela Marília e que faz um lindo trabalho. Vale a pena conhecer.
FOi uma bela surpresa conhecê-la.
Maior surpresa ver você tocar no assunto.
Quem sabe uma mistura de DV e antroposofia?
BEIJOS !!!

Deusa disse...

Nossa, muito interessante esse post! Eu mesma estudei em uma escola Waldorf, e ver essas fotos me trouxeram uma doce lembrança da infância. Eu lembrei um pouco da sensação que tinha quando fazia euritmia. Obrigada!

Anjo Azul disse...

Muito interessante.Vou buscar mais sobre o assunto.
bawseh,yauni!